sexta-feira, 18 de abril de 2014

Francisco – O caçula


Sortudo, já nasceu num momento em que os pais estavam mais preparados. Eu já sabia que não era qualquer janela aberta que colocaria sua vida em risco. Desde a barriga, tudo foi mais leve.

Eu tive o intestino perfurado durante a cesárea e ninguém percebeu. Aguentei dois dias em casa antes de voltar ao hospital. Lembro que, com os lábios roxos de dor ainda amamentei o Chico, e saí. Em questão de duas horas o problema foi identificado e eu estava novamente no Centro Cirúrgico. Mais uma semana de hospital, sem meu bebê.

Nada disso – nem o pós operatório, quando eu não pude pegá-lo no colo por 30 dias, nem a minha depressão pós stress – mudaram sua calma e serenidade. Mamava, dormia e brincava tranquilamente. 

Aos 2 meses começou a balbuciar, aos 4 rolou, aos 5 apareceram os primeiros dentinhos, aos 6 sentou, aos 7 começou a rastejar, aos 8 já engatinhava e aos 10 andou. Tudo no tempo dele e numa destreza impressionante! Não cai, não se bate, não faz manha. Tranquilo, tranquilo.

A pessoinha (prestes a fazer 1 ano) é fruto do estamos fazendo com ela!

Nenhum comentário: