domingo, 8 de junho de 2014

Nós, mulheres



As mulheres são seres gregários. Somos melhores em grupo, somamos nossas forças, dividimos nossas angústias, distribuímos o peso da nossa bagagem. Muito mais leve se descabelar com as amigas do que amargurar o sentimento negativo no fundo do peito, ou não? E o que dizer das alegrias e conquistas? Elas realmente ganham significado quando partilhadas com as irmãs de alma.


Minhas amigas, começando pela minha mãe, são as mulheres mais fortes, competentes, determinadas e inspiradoras que já cruzaram meu caminho. Elas me atraem como imãs! Preciso da sua energia para seguir minha caminhada. Minha força vem da sua força. Minha calma vem da sua calma. Minha vitalidade vem da sua vitalidade. Minha alma se nutre dessas mulheres. E o que dizer de um simples desabafo que me enche de serenidade quando um olhar amigo me compreende? Trocamos confidências em bancos escolares, banheiros, elevadores, cafeterias, academias, escritórios, salas de espera, e-mails, sonhos... Damos o nosso jeitinho!

Como, através dos séculos, as mulheres enfrentaram tantas adversidades? Criaram filhos, impulsionaram maridos, ajudaram na lavoura, mantiveram famílias de pé durante e após conflitos armados. Os casamentos arranjados, o veto à educação formal, e uma lista extensa de situações que só foram superadas devido à presença de outras mulheres que tornaram o fardo mais leve. Tenho certeza de que só sobrevivemos graças à grande rede invisível que nos une e nos empurra pra frente!

E, manter esta teia viva é um dos meus objetivos com este blog. Além de ser uma higiene mental sentar para organizar minhas ideias periodicamente, escrevo para colocar um pouco de açúcar neste caldeirão. Para que continuemos a transformar o cacau em chocolate, o fubá em bolo, a clara de ovo em suspiro, e achando tudo isso trivial.

Ao teclar, sempre tenho figuras femininas em mente. Sou inebriada pela energia e vitalidade que exalamos através dos séculos e tenho uma espécie de veneração por esta força. Sou muito  grata a todas as mulheres que cruzaram meu caminho, cada uma deixa sua marca. Por isso queridas amigas, não me agradeçam pelo que eu registro aqui. É a minha história sim, mas seria impossível sem vocês!


Nenhum comentário: